Leitores *-*

sábado, 30 de julho de 2011


O palhaço

13

Encanto,faço arte
Encontro sorrisos em rostos que lacrimejam
Sou querido ,  as vezes temido
Isso faz parte
Mais nem me dou conta quando não sou bem vindo
Feito bobo da corte vivo com as cores nos meus trajes
E sempre estou por ai sorrindo,
As vezes indo outras vindo
Sou palhaço,trapezista, sou domador as vezes escritor
Sei de obras lindas , já viajei por vários lugares
Mais quando chego em casa e me desarranjo
Não sou mais um palhaço e vejo as lágrimas rolarem
Em meus olhos  que lacrimejam e o motivo de sorrir e só pelo amanha
Ainda tenho oras e oras  para chorar
Sou palhaço,mais de tantas palhaçadas
Ninguém acredita que sei amar.

PS: Vontade de escrever do nada [risos]

segunda-feira, 25 de julho de 2011


Dedico a todos vocês Escritores(as)!!!

6
(Click para a imagem aumentar! )
Abraços a todos queridos amigos escritores!

domingo, 24 de julho de 2011


Parte do que sou

6

Eu sou dona dos sonhos que você permitiu entrar em sua mente ,sou maga ,feiticeira ,bruxa ou fada que você deixou se encantar tão derrepente , minha voz se tornou sua musica predileta, através do meu olhar você vê a janela do seu futuro, que coincidência? _Estamos pra sempre juntos!
Sou a senhora do tempo que você deixou te controlar, tão facilmente,cautelosamente e com muita paciência se tornei o tudo ,pra isso nem precisei ser sua vidente, devagarzinho te mostrando o caminho me disfarcei e a você o mapa que leva ao meu coração entreguei.
Fiz de mim sua poesia preferida e você decorou e lembrara pelo resto de sua vida, tenho as palavras certas  que você busca encontrar, sou perfeita aos seus olhos , isso e o bastante, não me convenço facilmente acho isso um ato irritante.
Sou certa daquilo que digo , sou céu azul e sol brilhante em um dia chuvoso e extremamente frio, sou noite fria para quando estivermos apaixonados , sou madrugada que não passa quando estiver ao meu lado, sou a chama que te aquece,somos amor que não se esquece.
Sou quem te apressa pra chegar logo , quase um tormento o tempo no portão esperando eu chegar na rua e fazendo disparar seu coração.
Na verdade, posso ser alguma coisa ,mais entre todos esses desvaneios tudo o que quis era falar de você sem me render, disse tudo o que queria ser pois não sou nada,muito menos tudo isso, e na verdade pra entender melhor saiba que você e tudo o que preciso e basta estar com você que me sinto suficientemente completa.
_E mais um momento ! Pois no meio desses trilhões de argumentos esqueci de falar que não tenho sobre você todos esses talentos e muito menos poderes o que tenho e o que faço e te amar , não posso esquecer também de constatar somos parte do que ta escrito, e o quanto eu te amo pra sempre vou dizer e pra quem quiser eu repito,a outra parte que falto escrever deixo para nos dois pois somos segredos eternos cheio de momentos que não precisa se demonstrar guardamos para nos o verdadeiro segredo do verbo amar.

quarta-feira, 20 de julho de 2011


Garota Lunatica

4

Em preto e branco, sem nenhum contraste, uma vida sem rumo, sem vontade, Clarisse passava horas olhando o tempo passar, dias e noites sem sentido, não tinha sonhos, não tinha robes e quem dirá amores e amigos?
Sua roupa simples e fechada, sem nenhuma beleza ou dom, era  como uma saleira vazia, poucos ouviam sua voz, quase ninguém sabia a cor de seus olhos,pois sempre estavam voltados ao chão, seus cabelos presos nunca sentiam o vento levar, pele esbranquiçada era uma lunática.
Quando disse sem robes eu pequei, pois existia algo que a garota sabia fazer, fotografar o céu e outros elementos da natureza que lhe chama se atenção, motivo de preocupação dos pais as quase 24 horas vazias na internet, mais não adiantava as falações repentinas e as ameaças de castigo a mocinha de quase quinze anos não despertava interesse em obedecer as ordens recomendadas.
Durante as manhãs na escola , se mantêm calada , apenas fazendo os deveres que eram para ser feitos, sua mochila nas costas e sua bicicleta para ir embora logo, a maquina sempre reservada para qualquer hora ser disparada em algo que lhe fizesse sentir curiosidade.
Seu aniversário estava chegando e ela nem se tocava, sua mãe planejava um baile espetacular,a realização dos sonhos de qualquer garota ao chegar aos quinze, mais Clarisse iria odiar a idéia por isso era segredo, faltando alguns dias ela ouviu seu pai ao telefone, ele estava convidando a família e todos amigos para a festa, Clarisse correu para seu quarto imediatamente , se trancou e começou a chorar, era o fim do mundo, toda essa algazarra sendo planejada para ela sem sua permissão.
No outro dia , no colégio ela observou uma menina, estava linda e arrumada , seus cabelos soltos e livres ao vento, todos aqueles rapazes a observando, e com talento ela desfilava sobre o pátio, o sinal tocou , era hora de voltar.
Ao chegar em casa , pôs se a olhar no espelho, todas aquelas espinhas, seu corpo em trajes grossos, seu cabelo preso em uma trança completamente comum com alguns fios desajeitados, suas unhas estavam grande porem mal feitas, começou a observar o guarda roupa e suas roupas eram as mesmas chatas e impossíveis de alguém querer observar,então com um par de moletom ela se sentou ao chão e disparou lagrimas.
Derrepente a porta do quarto se abre, e Clara sua prima entra com uma caixa de presente, ela se assusta logo questiona. _O que faz aqui?
_Vim três dias adiantada pra sua festa, algum problema?
_Eu não quero festa! Não vai ter!
Então Clara deixa sua prima sozinha, Clarisse desceu as escadas correndo e foi fotografar o céu, e depois de  uns flashes decidiu tirar fotos de uma arvore do outro lado da rua, um garoto ali passava e olhou assustado para o clarão que o flash causo, totalmente sem graça, ela disparou para casa,descarrego a maquina para apagar a foto do menino, mais ao chegar na foto, ela começou a observá-lo, era lindo e ela nunca teria chance nenhuma,pois era uma lunática.
Faltava quase dois dias para a maldita festa, mais ela penso que poderia ser  a chance de conhecer o garoto, foi ai que chamo sua prima, e se abriu com ela, parecia um milagre, intao Clara logo pegou com seus tios um dinheiro e chamou Clarisse, passarão a manha no salão, e a tarde foram comprar o vestido e roupas, era complicado e estranho para ela,experimentar tanta coisa nova no mesmo dia, ela acho o mais perfeito vestido que havia em toda cidade, e comprou um lindo sapato com uma tiara que combinava perfeitamente, mais era totalmente diferente do que ela mesmo era, ao chegar em casa,com tantas sacolas , seus pais ficaram entusiasmados olhando como sua filha estava mudada, não havia tocado o computador nem fotografado algo espetaculoso.
Elas se divertirão a tarde inteira e a noite dormiram na sala vendo filme , logo de manha , Clarisse acordo devagarzinho e foi para o quarto, começou a abrir as sacolas onde tirou uma calça e uma linda jaqueta, tomou seu banho penteou os cabelos, se maquiou, e quando estava pronta desceu as escadas correndo como de costume, sua mãe que segurava uma bandeja com pães deixou lhe despencar sobre as mãos , seu pai se paralisou quando colocava chá na xícara despejando pela mesa e Clara tentou ser normal,mais era muito diferente da Clarisse Lunática, era outra, tomaram café e foram para a escola, não falou com ninguém como de costume , apenas deixou convites do aniversário  no mural. Todos garotos se perguntavam ,pois não era possível a Lunática ser tão linda, foram correndo para o mural e pegaram seus convites  para garantir o show, algumas meninas pegaram também.
O dia passo, e as primas foram dormir mais cedo para a noite seguinte, durante a manhã Clara e Clarisse treinaram a dança, e a tarde foram no salão arrumar melhor, as horas passaram e o grande momento chegou, a duvida era se aquele menino estaria la, afinal tudo foi causado por ele.
Quando todos já estavam no local da festa, uma luz acendeu na escada, e Clarisse apareceu,descendo as escadas, todos babavam, estava magnífica, todos garotos a observaram pela primeira vez desfilar, suas espinhas tampadas na maquiagem, seus cabelos arrumados e perfeitos,  seu vestido parecia de princesa,e quando terminou de descer, alguém a surpreende com uma maquina fotográfica, e flashes no rosto, era aquele garoto da foto , que a beijou derrepente se apresentando.
Aquela historia mudou, os olhos voltado para o chão estavam rumo ao horizonte, azuis como o azul do mar,seus cabelos se moviam com o vento, sua pele era branca mais combinavam com os cabelos mel agora macios não a deixa esbranquiçada, aquela lunática já não existia mais,apartir daquele dia, era so mais uma garota normal e uma grande fotografa cheia de contrastes e dons !
A festa encheu de curiosos para ver a nova Clarisse, esses se tornaram amigos pois ela começou a se permitir conhecer novas pessoas, sua prima Clara aproveitou a festa também, e claro estava satisfeita por ter participado de todo aquele lunático milagre, horas antes do baile ter seu fim , Clarisse e seu novo namorado saíram e passaram o fim de noite fotografando estrelas e se conhecendo melhor.

Soninha Breder
Ps: Oi gente, espero que gostem e apenas um conto. O primeiro a ser postado.


terça-feira, 19 de julho de 2011


Inteligencia Artificial [ O filme ]

0
Essa seção ta precisando de uma boa repagina , estou certa disso!
Quanto tempo ne?
Vamos la, um ótimo filme que pode ser conhecido por VARIOOOOOOOSSSSSSSS leitores,mais se não conhecer vale a pena, pelo menos eu gosto bastante!
Lets go!!!
INTELIGENCIA ARTIFICIAL
Sinopse: Após perderem o seu único filho, Mônica e Henry Swinton decidem integrar-se a um novo projeto para testar um inovador tipo de Meca, com um sistema avançado que permite-lhe ter sentimentos como um humano. Ele se chama David. Quando o filho do casal milagrosamente resiste à morte, Mônica e Henry decidem que devem devolver o Meca, fadado à destruição por ele estar comercialmente inutilizado. Afeiçoada ao jovem robô, Mônica decide soltá-lo ao mundo ao invés de entregá-lo ao seu destino, iniciando assim uma longa jornada de David em busca do amor de sua 'mãe'.
Confira mais nesse siti a cima!


segunda-feira, 18 de julho de 2011


Em algum momento

4

Em algum momento passamos a perceber o que nos fez perder tempo
e nesse mesmo instante nos satisfazemos com o pouco que compreendemos.
Em algum momento começamos a andar descalços sobre a calçada quente de um dia de sol
percebemos que estamos nos queimando , mais por estamos perto de onde queremos ir, insistimos e apressamos para chegar e descaçarmos.
Em algum momento deixamos as lagrimas rolarem pelo rosto, e nesse mesmo tempo nos perguntamos: _Por que tantas lagrimas mesmo ?
Em algum momento nos perdemos procurando por algo, ficamos indignados com tanta falta de atenção da própria parte que pedimos ajuda para encontrar o que nem você mesmo sabe o que perdeu e ai saltamos aquela nova pergunta: _ Fulano, sabe onde esquece aquele negocio?
Definitivamente é melhor continuar procurando do que fazer mais alguém se perder nesse seu barco furado.
E alem de tudo sabe aquele momento que você quer sair e se divertir mais esta sozinho e nao aparece ninguém?
Esse momento e melhor do que aquele que você decidiu sair em um dia de chuva , esperando no ponto de ônibus a chance de encontrar um conhecido para dar carona.
Mais e nesses minutos de ansiedade que descobrimos que a esperança e a ultima que morre, por que assim que o tao demorado ônibus parar , seu conhecido aparece e te oferece a carona que você espero tanto tempo.
Em um momento qualquer estamos em nossas casas , sentado na janela vendo estrelas e todos aqueles parentes queridos que nao via a tempos chega e começa a falar sobre historias que nao te interessa, e nesse momento que você afirma : "_Hoje e meu dia!"
Em algum momento tentamos saber o que nos faz perder tempo lendo isso tudo , mais nesse mesmo instante quem esta escrevendo pensa :_ Pra que estou escrevendo isso tudo?

Soninha Breder

Obrigada MAahry!

0
Adorei o selinho que ganhei , e agradeço a Maahry do blog Poesia e Paixao !
Muitoo Lindoo!!!


1º- Morrer magra ou viver 100 anos gorda? 
_Viver o tempo suficiente pra estar feliz e realizada em todos sentidos, [ viver 99 anos e alguns dias estando feliz e com quem amo seria bom (risos)] , mais viver 100 anos de forma que não me sentiria bem não seria viver.

2º- O que te consola mais: um abraço ou uma palavra carinhosa? 
_Depende: Se estou com quem amo e tenho o abraço , não e preciso dizer nada por algum momento isso já me consola, mais se ele estiver longe por um motivo as palavras carinhosas me caem bem :D


3º- Ser feliz ou fazer alguém feliz? 
_Quando estamos com alguém, um é o complemento do outro por tanto fazer essa pessoa me faz feliz e eu feliz tenho certeza de que estamos realizados! 

4º- Se você pudesse ter um super poder qual seria? 

_Nossa são muitos os que gostaria, mais no momento gostaria de ter o poder de um Jumper (Estar onde eu quiser , quando quiser facilitaria muito haha)                                                                                             

5º- O amor suporta tudo? 
_Se existir amor suporta sim, por que quem ama e é correspondido de verdade não causa dores impossíveis de suportar e sim passa junto sobre as dificuldades.


6º- O que você costuma fazer quando está pra baixo?      

_Conversar com quem amo, escrever e tentar levantar a cabeça são opções.

7º- O que você deixaria aos pés da cruz?  

_Minha vida!




8º- Se defina em três palavras?  
_Romântica , determinada e paciente  


 9º- Algum lugar do passado? 
_O presente que estou vivendo esta sendo a melhor fase da minha vida!  


10º-Qual o pecado que te seduz?
_Gula hahaha (Entre os que existem, mais nem sou kkk)




Este selinho eu indico a todos os meus seguidores!!!

sábado, 16 de julho de 2011


Presentinho que recebi!!!

3

(Click na imagem para aumentar)

Tia muito obrigada adorei *-* e quis trazer essa plaquinha  pro meu blog, te adoro e obrigada por tudo sempre!
Beijoss

sexta-feira, 15 de julho de 2011


Educação em greve!

0

Boa noite , em vários lugares em busca da educação existem professores em busca de seus ideias, em busca do que é direito, meu intuito não e mudar o tema do blog, de forma nenhuma afetar ou criar revuluçao, porem   estou aqui pra parabenizar aqueles que estão lutando com muita força , dormindo(passando noites em claro) em barracas , passando por situações que são desnecessárias e angustiantes dias e noites , porem se tornaram precisas para que se resolva o caos que esta sendo para os educadores.
Junto a cada um deles ainda existem pessoas que acreditam na possibilidade de justiça e dos direitos serem concedidos, estes que acreditam que não é perca de tempo e que no final tudo vai ser resolvido de forma que a educação seja valorizada e os educadores sejam respeitados.
Força e fé é o que desejo a cada um que esta acompanhando a greve, muitas vezes deixando seus compromissos, família e ate mesmo abrindo mão de alguns de seus direitos para acompanhar essa caminhada dura mais acreditem em seus ideias e que Deus os abençoe.
"Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim." (Chico Xavier)  
E com essa frase completa que encerro minha pequena"homenagem" a vocês!!!



PS:O vídeo e do canal do youtube de Acomban
O texto não tem intuito de criar polemica , nem revolução de comentários, antes de aceitar vou ler a analisar cada um para que não crie um clima chato no blog, espero que tenha compreençao.
A qualquer momento o Vídeo pode ser retirado se assim o dono se manifestar!








Contra o tempo

0

Abraços apertados,
Beijos fortes e calorosos
Aperto de Mao
Olhar profundo e cheio de observações
Reencontro e quebra de distancia
Tanto pra falar mais as palavras não se encaixam
Porem o corpo sim
E não e preciso falar muito
Pois tem tanto a demonstrar
São horas e horas de saudade para raras horas ao seu lado
Tudo tão cheio, coração acelerado
Não quero perder um segundo ao seu lado
Não quero perder nenhum momento
Nenhum sorriso, nenhum carinho
O tempo corre disparado
Fecho a porta finjo  não ouvir ninguém chamar
Pois nesse momento o que quero e estar com você
Sem interrupções, quero tudo perfeito um plano calculado
Para cada segundo que a saudade me fez passar
Tudo o que quero e poder te amar.

PS: Mais um poema de saudade [ risos]



Caixinha de Sentimentos

4

Abro a janela dos sonhos, e começo a procurar por palavras, essas que nos trazem harmonia ,paixão,palavras que se encaixa com o perfil diário, com o que sinto, o que penso e o que passo.
São ditas aos ouvidos como se uma voz fala-se  : _Vá em frente! Não desista!
Eu encontro a chave para essa caixinha de sentimentos onde tudo e tão poderoso ,tão cheio de luz, sem saber o que fazer me emociono como uma canção que toca aos ouvidos do amanhecer ao anoitecer, não seria plagio mais inspiração,não seria uma copia mais sim o impulso de novos devaneios,novos argumentos para que a escrita surgisse entre meus dedos e desenha-se em uma folha naturalmente, sem sentido  ou buscando algum norte , sem impulso ou como tempestade que arrasta aos ventos toda a tristeza e deixa aquele aroma de que tudo esta resolvido, de que nada o que fazemos e tempo perdido, uma trilha sonora,um chocolate quente na mesa enfrente a tela, uma vontade imensa de ler algo que seja realmente bom, e uma caixinha de sentimentos que pode ser aberta através da janela dos sonhos, isso tudo e uma tempestade de devaneios cheia de vontade de mostrar o que quer, determinada, sem medos, como se conhece-se a algum tempo poderia contar sempre com o  animo, como uma amizade que surge para crescimento e apoio de cada um, e se não basta-se apenas descobrir onde esta guardado essa caixinha de sentimentos onde cada um pode se encontrar ainda tenho um passaporte ao infinito onde tudo e perfeito e cheio de flores no caminho, onde o que e bom se encaixa em pequenos fragmentos que nos leva ao espírito de bons devaneios, por horas e horas de boa leitura esquecemos do mundo que vivemos , e a escrita surge e a alma descansa, e o corpo agradece o repouso,pois a vida continua por traz da janela dos sonhos e enquanto isso aguardo outros versos para meu crescimento que não são só escritas,são frases que ficam , e algumas como djavu parece que já conhecia mais reencontro as lendo e minha vida vou revendo,volto devagarzinho do caminho das flores ,guardo a caixinha dos sentimentos cuidadosamente e meus pensamentos deixo fluir pela janela dos sonhos ate que chego a realidade.
Soninha Breder
                              PS: Dedico para Nina Linhares, do blog caixinha de sentimentos , obrigada por estar sempre dando força ao Window of Dreams (Janela dos Sonhos) ! Tudo de melhor e parabéns pelo blog maravilhoso que tem! Desejo a você tudo de melhor!

quinta-feira, 14 de julho de 2011


Selinhos - Obrigada Nina

15

As regrinhas são: 

     1) Divulgar quem passou  os selos, já fiz lá em cima
Esses selinhos lindo que ganhei veio do blog flores no caminho da Nina , obrigada adorei *-* e parabens pelos blogs que sao lindos .


2) Postar 10 fotografias das coisas que mais ama. 
(Pode ser pessoal ou da net )

Meu Amor Eduardo!!!

Meu bebe David  que esta chegando!!!


Minha Mãe
Brigadeiro
Escrever e Ler
Musica

Ver filme com ele♥
Amo Fotografar
Perfumes e maquiagem
Meu blog






             
            3)  Repassar aos 10 blogs mais charmosos da blogosfera.
Abaixo estao os blogs que ofereço os selinhos de coração, blogs que participam ,que eu gosto e que estao sempre por aqui! Abraços







Boa tarde beijinhos!

quinta-feira, 7 de julho de 2011


Para votar no 5º Pena de Ouro 2º Fase em Sonia Breder [Window Of Dreams]

16
1º Passo:
Localize a poesia da imagem abaixo clicando  AQUI !

2º Passo: Siga instruçoes abaixo

  3º e ultimo passo:
Comente aqui para que eu possa visitar o seu blog!
Agradeço a todos vocês e conto com a divugaçao!
Aproveite tambem e participe do Ostra da Poesia!!!

sábado, 2 de julho de 2011


Ilusão apenas não basta!

10

Vejo seus olhos faiscarem
 Em seu próprio instinto a reação de perda
Que queima, que arde e vira fumaça
Que confunde os olhos de quem observa
E encanta, atrai e lastra sobre o caminho
Aproxima devagarzinho e fere sua pele
E como se não causa se dor se deixa apagar
Vai embora como se não tive-se culpa
Traz transtorno, não pede perdão
Não se culpa quando incendeia
Não escolhe quem, não escolhe hora
Não sabe se vem de noite, de dia ou ate mesmo agora
Não e amor correspondido é ilusão e tempo perdido
Pois não basta apenas sentir, acender a chama e apagar
 Para ser amor tem que ser correspondido
Não pode ser como incêndio e puro instinto
Pois depois que se vai, deixa marcas e perdas
E as faíscas nos olhos que transparecem
Só se vai quando  dois corpos se aquecem
em temperatura que não seja exagerada que não cause dor
E sim ternura, e daquela chama passada
Quem sentiu ficou sabendo foi um incêndio de culpa
Causado por mera aventura, que não chega nem perto do que e amor.


Essa poesia encontra-se tambem em : Republica dos Autores

sexta-feira, 1 de julho de 2011


Desperte-me

6

Desperte-me se possível
Me leve ao paraíso
Encante-me, leve me ao caminho das flores
Feche meus olhos para a realidade
E dance comigo
Faça-me perder o chão
Tudo e possível se você me buscar
Entrego-me ao amor
E sigo o caminho da paixão
Eu suspiro e te observo aproximar
Meu coração dispara
Parece que vai parar
Mais eu continuo adormecida ,é um sonho venha me despertar
Me leve ao caminho das flores
Faça-me sentir o aroma da paixão
Juntos podemos ir aonde ninguém um dia chegara
Me fascino com seu olhar
E como mágica seu sorriso sempre vem me encantar
Eu sei que esta perto então me desperte para te amar
Eu sei esta aqui, desperte-me se possível
 Selecionada para 2º Fase A todos os leitores do Window Of Dreams peço para que votem atravez desse link, pára que Desperte-me consiga bons votos.
Agradeço a cada um!!! Abraços