Leitores *-*

segunda-feira, 22 de outubro de 2012


Pra te ver sorrir

10


E quando o céu se fechar sobre minha cabeça, apenas agradecerei a Deus pelo descanço do sol e o frescor da chuva,serei eu a menina pulando no asfalto molhado observando o cair da folha de uma arvore feito pelo vento que faz ele gargalhar, serei a mãe que vai acolher seu filho por medo da musica que soa os trovoes, e dos flashes disparados por relâmpagos , fotografias e rock in roll que assustam-no em sua fragilidade de um querido bebê, não me permitirei confessar que tenho medo se caso tudo escureça ao acabar o show e me encontre em meio aos apagões que frustra a energia tao vuneravel feita pelo homem, por isso tao vuneravel.
Sabendo eu que poderei virar uma noite acordada só para observar um sorriso de meu querido filho após todo o alvoroço e enfim agradecer a Deus pelo dia que vi renascer .

10 Comente :D:

Renata Diniz disse...

Oi Soninha! Saudade grande vocês! Como está David? Dá beijos na bochecha dele por nós! Beijos!

Sonia Breder disse...

Estamos bem , pode deixar que vou dar um beijo nele ^^ outro pra Laurinha

Morgan Nascimento disse...

Olá, parabéns pelo blog!
Se você puder visite este blog:
http://morgannascimento.blogspot.com.br/
Obrigado pela atenção

Fruto do Espírito disse...

Seu texto está simplesmente impecável.
Sua objetividade e simplicidade tocou meu coração.
Louvado seja Deus pela sua vida!

A propósito, caso ainda não esteja seguindo o meu blog, deixo aqui o convite.
http://frutodoespirito9.blogspot.com/

Em Cristo,

***Lucy***

P.S. Visite também o blog do irmão J.C.de Araújo Jorge.
Temas bíblicos e mensagens abençoadoras:
http://discipulodecristo7.blogspot.com/

Sonia Breder disse...

Obrigada gente pelos elogios , enfim ja estou nos blogs que passaram por aqui , agradeço de coraçao e espero continuar de alguma forma fazendo daqui um lugar especial . abraços otimaa semana a todoss

O Profeta disse...

São mudas as neblinas nesta ilha
É de pobreza o pão que alimenta o meu sentir
Oiço o mar com os meus próprios dedos
Parti do desencontro dos meus derradeiros medos

Parti e deixei no cais mil dúvidas
Lembrei tempos que corri feliz pelas amoras
Nesses dias bebi sofregamente a vida
Nesses dias a minha alegria era incontida

Um radioso fim de semana


Doce beijo

Verinha Portella disse...

Sonia!
Querida...estou emocionada com o que encontrei aqui.
tudo é sonho, é poesia, é amor, é inspiração...

Amei demais
vera portella

Paulinha ornague disse...

bom dia.... passando p conhecer seu cantinho, e adorei, textos tocantes, que nos fazem refletir e se emocionar,,, parabens... otimo feriado e tudo de bom... http://ornague.blogspot.com.br/

Paulinha ornague disse...

parabens... seu blog e encantador. gostei muito... http://ornague.blogspot.com.br/

Bianca disse...

Oi flor seu blog foi marcado para ganhar um selinho
http://biancacesario.blogspot.com.br/2012/11/primeiro-selinho.html

Postar um comentário