Leitores *-*

quarta-feira, 17 de outubro de 2012


Te espero vem

2

lanço meu olhar em voce
ao seu lado quero estar
dono da minha boca e voce
me deixe sem ar
o tempo que nao posso te ter
é como navegar no ar
fecho meus olhos pra te ver
a saudade é um grito que me faz calar
O novo poema que fiz no momento
por dentro voce invade meu pensamento
O meu corpo estremesse ao te ver
estou aqui para te esperar
Ponho o seu perfume pra poder
em seu cheiro me esquivar
dos meus medos de escuro ao anoitecer
quando voce nao esta
em vao te procuro para poder me acalmar
e seu cheiro ao me invadir me faz lembrar
O novo poema que fiz no momento
Dentro da noite meus sonhos se perdem nas horas
E eu te imploro
Eu te quero vem
Diga que esta chegando
Porque eu te espero meu bem
Vejo as fotos lembrando
Passo as horas planejando
O dia que voltar
Surpresas te esperando
O relógio vai girando
e eu implorando para o tempo parar
Pra eu te ter por mais algumas horas
Matar a saudade que guardo agora
e eu vou esperando
te pedindo vem
Faça o que eu quero
que eu farei tambem
Ahh eu te amo
Eu te quero meu bem
Diga logo quando vem
Por que isto me faz tao bem

2 Comente :D:

Dayanna Ferreira disse...

"A saudade é um grito que me faz calar." Não poderia ter definido melhor a urgência da saudade, e o silencio que ela nos trás enquanto aquilo que queremos permanece longe! Continue evoluindo assim! Beijo!

Sonia Breder disse...

Obrigada , fico muito feliz por estar por aqui e por ter gostado.
Beijos

Postar um comentário